Prefeitura de Remígio inicia campanha de combate ao abandono e maus tratos de animais nas ruas da cidade.

Do(a) SECOM Publicado em 08/02/2019 às 10:18

Prefeitura de Remígio inicia campanha de combate ao abandono e maus tratos de animais nas ruas da cidade.


A relação entre homens e animais sempre foi, em sua maioria, de submissão dos animais em virtude das "necessidades"do ser humano.
São vidas que quando não mais desejadas, ou quando não mais necessitadas simplesmente são descartadas como um copo de plástico sujo e sem função. Vidas! Entende?

Diariamente milhões de gatos, cachorros e outros animais de estimação são simplesmente jogados ao relento, nas ruas das cidades brasileiras por seus "donos".
Em Remígio, nossa realidade não é diferente. Associações como a APAR (Associação dos Animais Abandonados de Remígio) lutam, diariamente para recolher e dar abrigo a animais que foram abandonados nas ruas e, principalmente, no mercado público da cidade.
Hoje, centenas de gatos e cachorros estão vivendo nas ruas de Remígio, abandonados por seus antigos donos, passando fome, sede e vivenciando toda a realidade do abandono irresponsável do ser humano.

Animais acostumados a receber cuidados de humanos não estão preparados para viver por conta própria.
Eles terão dificuldades de encontrar alimentos e local apropriado para se abrigar do frio, da chuva e dos possíveis perigos que as ruas oferecem (maus-tratos e atropelamentos, por exemplo).

O abandono de animais também pode trazer problemas para a saúde pública. Animais em situação de abandono ficam expostos a doenças, como leptospirose, leishmaniose e raiva, possíveis de serem transmitidas para humanos ou para outros animais.

Esses animais nem sempre estão vacinados e castrados, sem controle de reprodução, aumentando o problema de transmissão de doenças e o número de animais nas ruas, sem cuidados ou proteção.
Fonte: https://goo.gl/iAJG7W

Por conta deste crescente número de casos, a Prefeitura de Remígio está iniciando uma campanha no município para combater o abando destes animais.

A campanha contará com divulgação em meios de comunicação utilizados pela prefeitura como internet, carro de som, rádio, palestras em escolas sobre o assunto e, fiscalização e punição dos responsáveis pelo abandono.




Caso você veja ou saiba de maus-tratos cometidos contra qualquer tipo de animal, não pense duas vezes, vá à Delegacia de Polícia mais próxima para lavrar Boletim de Ocorrência. Abandono e maus tratos à animais é crime. A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605 de 1998 (Lei de Crimes Ambientais) e o Art. 164 do Código Penal, prevê o crime de abandono de animais para aqueles que introduzirem ou deixarem animais em propriedade alheia, sem consentimento de quem de direito, desde que o fato resulte prejuízo:

A pena prevista pelo Art. 32 da Lei de Crime Ambientais é de detenção de 3 meses a 1 ano e multa.

A pena prevista pelo Art. 164 do Código Penal é de detenção, de 15 (quinze) dias a 6 (seis) meses, ou multa.
Tempo
Remígio - PB
Mín 19ºC
24º
Máx 30ºC
Possib. de pancada de chuva a tarde

Mais Lidas