Hino Oficial

Letra por Ambrósio Agrícola Munes e Gonçalo Ferreira Lopes 
Melodia por Ambrósio Agrícola Munes e Gonçalo Ferreira Lopes Foi no século dezoito 

Que nesta terra chegou
Barbosa Freire da Silva
E o povoado fundou.

Ao seu lado também veio
Pra dar o nome ao lugar
Francisco Remígio Reis
E aqui resolveu ficar.

Na terra adusta, no cariri,
Ou no brejo tens fama e prestígio
Estar contigo, lutar por ti
É dever dos teus filhos, Remígio.

Surge então o vilarejo
E o povo te batizou
Por Lagoa de Remígio
Nome que se confirmou

E nesse batismo santo
Nasceu o tiracínio
De construir a capela
Da Virgem do Patrocínio.

Na terra adusta, no cariri,
Ou no brejo tens fama e prestígio
Estar contigo, lutar por ti
É dever dos teus filhos, Remígio.

Na serra do Borborema
Remígio foi bom menino
Hoje é pai de gerações
De glorioso destino.
A delicia do seu clima
Agrada com freqüência
E brota em sua gente
O fruto da inteligência.

Na terra adusta, no cariri,
Ou no brejo tens fama e prestígio
Estar contigo, lutar por ti
É dever dos teus filhos, Remígio.

Salve, salve terra amada
E nosso povo altaneiro
Que traz no suor do rosto
A prova de ser obreiro
Pelo bem da Paraíba
E o amor dos filhos teus
Pedimos pra teu futuro
As bênçãos do Santo Deus.

Na terra adusta, no cariri,
Ou no brejo tens fama e prestígio
Estar contigo, lutar por ti
É dever dos teus filhos, Remígio.

Tempo
Remígio - PB
Mín 20ºC
26º
Máx 32ºC
Pancada de chuva a tarde